• Lucelia Oshiro

Produtividade x Procrastinação


Hoje me permiti dormir até acordar, ou seja, sem o alarme do despertador. Sempre fui muito disciplinada, gosto de acordar cedo (antes do sol nascer) e acordo bem-humorada e disposta mesmo com poucas horas de sono. O ponto é que, quando acordo tarde (para mim, 8h já é tarde) sempre tenho a sensação de “estar atrasada”. Mesmo não tendo que ir a lugar algum, mesmo trabalhando em casa há mais de um ano, mesmo sendo dona do meu próprio ateliê.

Então, li um post de uma amiga (aliás, recomendo: @valeria.chociai) falando que tudo bem não fazer nada, e que podemos ser mais gentis com a gente mesmo. Afinal, “não fazer nada” já é fazer alguma coisa.

Isso me fez pensar: às vezes, a gente vai tão rápido ou, mesmo devagar, estamos em movimento constante, que parece que o corpo foi mas a alma ainda não alcançou a gente. O pensamento voa, mas o coração tem ritmo mais lento. Ele vai parando pelo caminho para sentir melhor cada momento, apreciar uma beleza que passou despercebida pela mente sempre à frente.

Depois, li um post de outra amiga que falava sobre esquecer das coisas que a gente gosta, e só lembrar depois de um tempo. Acho que é isso... quando a gente desacelera, dá tempo para o coração alcançar a mente; e também dá espaço para a mente voltar e reencontrar o coração.

Assim como um casal, mente e coração nem sempre vão andar juntos. E isso me faz lembrar os casais japoneses. Sabe por que o homem vai na frente? Não é por machismo, mas é porque lá nos tempos remotos, se houvesse alguma emboscada, o homem estava à frente para proteger a mulher.

Não é machismo, é gentileza. É uma delicadeza. E a vida está cheia dessas delicadezas, é que às vezes a gente se precipita e julga antes de avaliar. Por que somos tão severos e julgadores? Bom, mas isso é assunto para um próximo post.

Voltando ao tema inicial, a Mente vai na frente, avaliando terreno, garantindo segurança. Às vezes, o Coração ficou em algum outro lugar. E tudo bem eles não estarem sempre juntos. Nenhum casal vive junto o tempo todo.

Mas, de vez em quando, eles precisam se encontrar, seja em um hobby, uma nova profissão, um pequeno momento, que seja. E estamos vivendo um momento - que pode parecer longo, em termos de quarentena, mas é curto, em termos de vida inteira – em que, astrologicamente, estamos sendo cobrados dessa reconexão, desse reequilíbrio, desse caminhar juntos, em todos os sentidos: mente e coração, corpo e alma, família e trabalho, produzir e descansar.


Acho que a mensagem do Universo é: fazer o que tem que ser feito, ir em frente; mas também saber receber as bênçãos ocultas da vida e se colocar Presente para si mesmo.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Lucélia Oshiro Ateliê | Design Energético

contato@designenergetico.com.br

WhatsApp: (11) 99587-2070

São Paulo - SP

©2018 by lucelia oshiro. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now